Basta manter a calma e seguir alguns passos para que mães e bebês curtam, juntos, a hora do banho.

Dar banho no bebê é uma delícias, mas as mamães de primeira viagem podem sentir medo no início, quando a criança ainda parece muito frágil. O banho é fundamental para a limpeza do nenê e para aumentar o vínculo entre a mãe e o filho, explica Renato de Oliveira, ginecologista e obstetra responsável pela área de reprodução humana da Criogênesis. Segundo ele, nessa hora, nem o choro é mau sinal. É apenas a forma de ele interagir com o mundo, completa.

Hoje, é comum que a mãe receba instruções sobre o banho já na maternidade, mas cada mulher pode criar maneiras de se sentir mais confortável na hora da higiene do filho. A psicóloga Fabíola Alvise Correa Gomes, 32 anos, tem uma técnica. O importante é manter a calma para fazer tudo, sem se desesperar com o choro, diz ela, que escolheu manter a banheira dentro do quarto. Gosto de enrolá-lo em uma fraldinha para lavar a cabeça. Acredito que dá uma aderência maior, a gente sente que ele está mais firme nas mãos. Depois, mergulho ele ainda com o pano e vou tirando aos poucos, diz Fabíola.

O pediatra e neonatologista Jorge Huberman alerta que a mãe nunca deve deixar o bebê sozinho. Se precisar atender à campainha, enrole a criança em uma toalha e a leve com você, explica. É bom também deixar um balde com água extra, porque acontece de o nenê evacuar na água, e é preciso trocá-la imediatamente, orienta.

O banho tem de ser um momento de tranquilidade, define a pedagogia Priscilla Katz, 34 anos, que contou com a ajuda da mãe e da sogra nos primeiros banhos nos filhos. É importante que o banho seja em um horário em que a mãe sinta que vai relaxar a criança. Eu escolhi a manhã, mas cada mãe e cada criança têm um ritmo. É importante, ainda, evitar que o bebê sinta mudanças drásticas de temperatura. Só tire a roupa dele na hora do banho, ensina Júnia Flávia Teixeira de oliveira, enfermeira da Clínica Shalon.

Passo a passo do banho

  1. Separe antes tudo o que for necessário durante o banho (toalha, produtos, roupas);
  2. Encha a banheira com água morna e verifique se a temperatura está agradável, usando a parte interna do braço;
  3. Retire a roupa do bebê e o envolva em uma toalha;
  4. Higienize primeiro os olhinhos, sempre de fora para dentro, com algodão molhada em água. Lave a face do bebê com as mãos molhadas, sem sabonete,
  5. Com bebê de costas, apoiada sobre o braço, comece pela cabecinha. Lave delicadamente, com movimentos circulares. Na sequência, enxague e seque a região;
  6. Depois, com ele na mesma posição, use a mão livre para lavar o pescoço, o tórax, o abdome (não esquecer o coto umbilical), os braços e as pernas;
  7. Vire a criança de barriga para baixo, com muito cuidado para que o rostinho não fique dentro da água. Lave as costas e, por último, a parte genital. Enxágue o corpo do bebê, enrole-o na toalha e coloque no trocador;
  8. A toalha deve ser macia, de preferência toalha fralda. Para enxugá-lo, apenas pressione levemente a toalha contra o corpinho, sem esfregar a pele. Todas as partes devem ficar secas, principalmente as dobrinhas;
  9. Faça a higiene umbilical com hastes flexíveis e álcool a 70%, sempre no sentido horário;
  10. Não utilize talco, pois o bebê corre o risco de aspirar o produto.

(Revista Agora SP - Enfermeira Júnia Flávia)

Agende sua Consulta