Reportagem: Barreira contra o sol

Veículo: Revista da Hora (Jornal Agora SP)

Porta-voz: Dra. Elizete Kaffer

Data: 14/02/2016


A maquiagem com fator solar ajuda a proteger a pele, mas pode não ser suficiente;; o ideal é passar um filtro solar antes da produção.

Cada vez mais a indústria de cosméticos evolui e lança benefícios às pessoas, como as maquiagens com proteção solar. Mas nem sempre esses produtos bastam para garantir a saúde da pele, segundo especialistas. Eles ajudam, mas não substituem o filtro solar, avisa o dermatologista Newton Morais, diretor da Clínica Mais Excelência Médica.

Os cosméticos, em sua maioria, são destinados a uma proteção mais suave, para ambientes com baixa exposição solar. Normalmente, possuem filtros químicos antiUVB com FPS (fator de proteção solar) de 5 a 20, com objetivo de atenuar os efeitos dos raios mais superficiais, responsáveis pela vermelhidão pós-sol, explica Elizete Nikoluk Kaffer, dermatologista da Clínica Shalon. Sendo assim, eles são efetivos em períodos de menor incidência solar e por pouco tempo, segundo a médica.

Há certa confusão entre os tipos de raios. Resumidamente, os UVB são responsáveis pela queimadura de sol, e os UVA são os grandes vilões, causadores do câncer de pele, como explica a farmacêutica e cosmetóloga Fernanda Sanches. E o FPS informado nas embalagens significa o quanto o produto protege a mais do que o tempo em que a pessoa se bronzearia, detalha ela, que atenta ainda para as luzes artificiais, que também são prejudiciais à pele.
O ideal, então, é passar um protetor solar potente e, por cima, a maquiagem especial, que possui pigmentos que agem como filtros físicos. Assim a mulher garante a eficiência da proteção. Quanto mais camadas, mais altas são a cobertura e a barreira física que fazem, diz a dermatologista Daniela Ribeiro.

Ciente disso, a analista de negócios Ana Cristina Nunes, 34 anos, protege-se como pode. Comecei a me preocupar depois dos 30 anos. Hoje, passo protetor solar, por garantia, e maquiagem, como primer e base com FPS.
E, mesmo senão estiver debaixo do sol escaldante, é preciso reforçar a proteção a cada três horas, segundo os especialistas. Se não for possível lavar o rosto e começar o tratamento do zero, vale pelo menos dar um tapa na maquiagem usando produtos com filtro solar.

Dicas

  • Escolha os produtos que melhor se adequem ao seu tipo de pele oleosa, seca, mista ou normal;
  • Aplique o filtro solar com um fator de proteção acima de 30 sobre a pele limpa e seca;
  • Aguarde cerca de cinco minutos e, então, passe a maquiagem que contenha proteção solar;
  • O ideal é reaplicar o protetor a cada três horas. Se não der para limpar a pele e refazer todo o processo, passe mais maquiagem com proteção;
  • A dica é levar na bolsa algo que seja de aplicação fácil, como os pós compactos.

Reportagem: Como o cronograma capilar ajuda a recuperar seus fios

Veículo: M de Mulher

Porta-voz: Dra. Elizete Kaffer

Data: 19/01/2016

Agende sua Consulta