Novas tecnologias no tratamento de antigas doenças de pele: vitiligo, psoríase e sequelas cicatriciais e pós queimadura

Aparelhos usualmente utilizados nos tratamentos estéticos, demonstram ser um aliado importante para a cura e a melhora de lesões e doenças cuja terapia até então era apenas convencional. Vitiligo, herpes e câncer de pele são algumas dessas doenças.

Os aparelhos à base de luz, como laser, luz pulsada e leds, são usados para tratamentos de doenças infecciosas causadas por bactérias, vírus ou fungos ou para manchas e feridas. Associados a produtos específicos, podem ser utilizados também no tratamento de lesões pré-malignas, como queratoses solares (lesões de pele proveniente da exposição solar excessiva) e câncer de pele, explica a dermatologista Elizete Kaffer, de Campinas, que é responsável por assinar laudos da ANVISA para aprovação de equipamentos.

De acordo com Elizete Kaffer, as doenças de pele são de grande incidência em toda população brasileira, independentemente da região do país ou classe social. Nas regiões menos desenvolvidas, predominam as doenças infecciosas em crianças e idosos. Nos locais de maior irradiação solar e em pacientes predispostos, de fototipo claro (pele e olhos claros, dificuldade de se bronzear), predominam as lesões pré-malignas e malignas de pele.

Ela explica que os tratamentos a base de luz ( LASER, LUZ PULSADA OU LED) atuam através de três mecanismos específicos Fototermólise Seletiva, Terapia Fotodinâmica e Fotobiomodulação - e tem conseguido tratar com sucesso muitas doenças de pele. A Fototermólise Seletiva promove a destruição da lesão-alvo sem atingir os tecidos normais ao redor, tratando infecções causadas por bactérias, vírus e fungos, inflamações, manchas e feridas, acrescenta, ressaltando alguns tipos de doenças que podem ser tratadas, como acne, herpes, micoses, psoríase, vitiligo, feridas de pele entre outras.

Segundo a médica, a Terapia Fotodinâmica é a associação de um agente fotossensibilizante á fonte de luz, potencializando o tratamento, sendo utilizada no tratamentos de lesões pré-malignas (queratoses solares e seborreicas), lesões decorrentes da exposição solar e câncer de pele. Já a Fotobiomodulação é o uso da energia luminosa para modular o funcionamento celular, podendo ser usada para estímulo e regeneração de tecidos, tratamento de manchas e aceleração de cicatrização de feridas.

A Terapia Fotodinâmica para o tratamento de lesões pré-tumorais e câncer de pele não-melanoma é uma tecnologia moderna, específica e capaz de promover a destruição seletiva e específica de células tumorais e células doentes, sem atingir os tecidos normais ao redor do tumor, promovendo um tratamento seguro, eficaz e com resultados clínicos definitivos e duradouros. Além disso, a Terapia Fotodinâmica pode ser utilizada para realizar um fotodiagnóstico da lesão, determinando com exatidão sua localização e dimensão, pois reage seletivamente com as células tumorais, delimitando apenas a parte lesionada.

A Terapia Fotodinâmica é uma prática recente no mundo, com poucos anos de aplicação. No Brasil esta tecnologia chegou há aproximadamente um ano. A maior restrição do tratamento são os altos custos dos produtos (pomada) e equipamentos utilizados no procedimento, limitando o acesso da população e dos médicos. Os primeiros equipamentos utilizados foram os de laser e luz pulsada, de alto custo, que poucas clínicas possuem. Os equipamentos de led, relativamente mais acessíveis aos médicos, chegaram recentemente ao Brasil, há menos de um ano, conta Elizete Kaffer, que é responsável por assinar laudos da ANVISA para aprovação dos equipamentos.

Elizete conta que os tratamentos de bioxigenação inicialmente utilizados no Brasil em medicina estética para gordura localizada, celulite, flacidez e estrias são usados pelos europeus desde a década de 30 no tratamento de feridas de pele. De acordo com a dermatologista, a carboxiterapia é o uso terapêutico do gás CO2 que promove um aumento da oxigenação da pele e regeneração dos tecidos tratados a longo prazo, é também utilizada como coadjuvante no tratamento de várias doenças de pele, desde doenças causadoras de queda de cabelo até psoríase, vitiligo, cicatrizes de acne, cicatrizes hipertróficas e quelóides, lipomas, feridas e úlceras vasculares, queimaduras e sequela de queimados.

Agende sua Consulta