A IMPORTÂNCIA DOS TRATAMENTOS PRÉ E PÓS-CIRÚRGICOS

É importante nos atentarmos para alguns cuidados adicionais ao programarmos um procedimento cirúrgico, além dos convencionais como a realização de exames cardiológicos pré-operatórios, a escolha do profissional e do local apropriado. São eles:

AVALIAÇÃO TOXICOLOGICA METABÓLICA PRÉ-CIRÚRGICA

Avaliação de possíveis cargas tóxicas, parasitas e metais pesados por meio de equipamentos especializados, tais como o EIS Complex Eletrossomatograma Frances, bioimpedância de 6 pontos que permite uma análise do funcionamento de todos os órgãos e sistemas, além da análise quantitativa e qualitativa de toxinas; o SENSOGRAMA, sistema alemão de análise quantitativa e qualitativa por espectofotometria, que fornece o MINERALOGRAMA análise dos metais tóxicos e minerais essenciais; o HORMONOGRAMA análise dos principais hormônios e VITAMINOGRAMA análise das vitaminas do paciente por procedimento não invasivo, que dura aproximadamente 3 a 5 minutos, fornecendo resultados precisos e imediatos, de última geração, aprovados pela ANVISA e CE com alta sensibilidade e especificidade

PROGRAMA DE DETOXIFICAÇÃO

Para evitarmos uma sobrecarga metabólica ao organismo, é importante realizar um programa de detoxificação, ou seja, uma limpeza nos principais órgãos excretores: fígado, intestino e rins, a fim de verificar se estão capacitados a arcar com a sobrecarga metabólica durante a cirurgia e no pós-operatório. Utiliza-se a destoxificação iônica: técnica alemã em Medicina Quântica Frequencial por meio da associação de correntes galvânicas que promove mais de 1800 protocolos de tratamentos por Iontoforese, desde a remoção de metais tóxicos específicos, cargas parasitárias virais, bacterianas, fúngicas até otimização de funções metabólicas básicas e específicas. É um excelente recurso terapêutico no pré e pós-cirúrgico, tanto no preparo do paciente para os procedimentos cirúrgicos tanto no pós-cirúrgico, como procedimento indolor e não ablativo na aceleração da cicatrização e reparação tecidual e/ou no tratamento de sequelas e complicações pós-cirúrgicas, de queimados e de cicatrizes inestéticas. É um método não invasivo, rápido, seguro e indolor, amplamente utilizado na Europa e Oriente com resultados visíveis e mensuráveis.

REABILITAÇÃO NUTRICIONAL

A fim de otimizar todo o sistema metabólico preparando para o procedimento cirúrgico, deve-se realizar uma alimentação balanceada baseada nos princípios individuais de NUTRIGENÔMICA E NUTRIGENÉTICA, de acordo com o perfil genético e metabólico individual. A determinação do perfil nutricional pode ser estabelecida pela BIORRESSONÂNCIA técnica milenar oriental de medicina quântica integrativa que analisa a polaridade do alimento em relação ao indivíduo, avaliando a existência ou não da biocompatibilidade. Outro exame para determinação do perfil nutricional é o GENODIET mapeamento genético por meio de amostra retirada da mucosa interna da boca, que é encaminhado ao laboratório específico europeu que determina todo o perfil genético nutricional, intolerâncias alimentares e possíveis SNIPS erros metabólicos e predisposições genéticas a infecções, inflamações e tumorações. Nem sempre uma alimentação comumente correta, rica em frutas, verduras, legumes, alimentos integrais e carnes brancas é a mais indicada para aquela pessoa, principalmente no momento pré e pós-cirúrgico, quando todo o metabolismo se foca para reabilitação e cicatrização. Deste modo, com a determinação do perfil nutricional genômico, evita-se a ingestão de alimentos tóxicos, potencialmente deletérios neste período.

Além da alimentação, a REPOSIÇÃO NUTRICIONAL é fundamental para fornecer ao organismo os nutrientes necessários para o processo de cicatrização e recuperação tecidual pós-cirúrgica. A reposição deve ser personalizada, direcionada quanti e qualitativamente baseada em exames laboratoriais e exames de SENSOGRAMA, sistema alemão de análise quantitativa e qualitativa por espectofotometria, que fornece o HORMONOGRAMA análise dos principais hormônios e VITAMINOGRAMA análise das vitaminas do paciente por procedimento não invasivo, que dura aproximadamente 3 a 5 minutos, fornecendo resultados precisos e imediatos de última geração, aprovados pela ANVISA e CE com alta sensibilidade e especificidade. A estratégia de reposição nutricional deve estar baseada na análise de todo o sistema metabólico do paciente, por meio de exames como o EIS Complex Eletrossomatograma Frances, bioimpedância de 6 pontos que permite uma análise do funcionamento de todos os órgãos e sistemas, determinando qual a via metabólica mais indicada na reposição nutricional via digestiva, inalatória, dérmica ou capilar.

Com o uso dos procedimentos pré e pós-cirúrgicos, os resultados cirúrgicos são otimizados reduzindo o risco de complicações intra e pós-operatório, possibilitando resultados melhores com um período de reabilitação reduzido.

Agende sua Consulta