Durante toda a nossa vida estamos expostos a toxinas alimentares, do meio ambiente, ar, água, poluição ambiental, produtos químicos, produtos de limpeza e de higiene pessoal e cosméticos.

Estas substâncias podem possuir efeito tóxico ou deletério de acordo com a genética de cada pessoa, frequência de exposição, imunidade. De acordo com o tipo de substância tóxica e a genética da pessoa, existem ou não vias metabólicas fisiológicas para o processo de destoxificação que ocorre basicamente no fígado, com auxílio de outras vias excretoras como intestino, rins, pulmões, pele, linfáticos. Se a frequência de exposição é maior do que a capacidade do corpo de remoção, ocorre acumulo progressivo destas toxinas nos órgãos geneticamente mais frágeis, desencadeando síndromes adaptativas e sinais e sintomas diversos, desde fadiga, cansaço, mal estar, depressão, insônia, retenção de líquido, queda de cabelo, alterações nas unhas, alergias , alterações do ritmo intestinal, alterações de peso, alterações hormonais etc. O principal é o diagnóstico do tipo de toxina e a fonte contaminadora realizada por exames bioquímicos e biofísicos.

O processo de destoxificação engloba desde a remoção da causa por modificação alimentar e hábitos de higiene e limpeza, uma das principais fontes de contaminação, utilização de substâncias destoxificantes home care ( vitaminas, minerais, fitoterápicos, homeopáticos) por diversas vias - oral, inalatória, tópica ( cremes, géis, loções capilares) banhos destoxificantes ( argiloterapia, fangoterapia, escalda- pés) e se necessário tratamentos clínicos.
 

A destoxificação iônica desenvolvida pela física alema Hulda Clark, utiliza aplicações de frequências através de aparelhos de impedanciometria como o Rife ou iontoforese que funcionam por magnetismo, atraindo as toxinas para vasos linfáticos, urina, pele, glândulas sudoríparas e sebáceas, estimulando vias fisiológicas de excreção destas toxinas. A inaloterapia de Von Ardene, desenvolvido pelo Físico Alemao Manfred Von Ardene, utiliza a inalação de oxigênio puro através de uma mascara com fundo residual desenvolvida por ele associado a nebulização com Soro Fisiológico e vitaminas que acelera o processo de destoxificação inalatória em 7 a 10 vezes. O objetivo é primeiramente estimular o corpo a detectar cargas tóxicas e substituir os receptores celulares obstruídos por toxinas ( na maioria das vezes metais tóxicos) por vitaminas e minerais fisiológicos, ocasionando uma readaptação do corpo ao processo de destoxificação fisiológica e progressiva.





Agende sua Consulta